A Filosofia de Aristóteles

Ética, Política, Poética, Retórica, Lógica e Metafísica

Explore a inteligência fascinante de Aristóteles em 5 módulos e 88 aulas. Entenda por que ele é considerado o maior pensador de todos os tempos, o modelo de toda mente ordenada e profunda. 

O grande filósofo grego foi o primeiro pensador a sistematizar o conhecimento humano nas disciplinas filosóficos e científicas, como ética, política e metafísica. 

Este curso percorre as suas obras principais, explicando os seus conceitos e argumentos. 

A partir dele, vamos filosofar sobre praticamente toda a realidade, na sua dimensão humana, lógica e metafísica. 

O método é o de leitura comentada, para que você aprenda a interpretar e a pensar como Aristóteles, que é o centro de toda tradição ocidental, ao lado de Platão. 

1. No módulo de Ética, refletimos sobre a felicidade, a partir das virtudes, da amizade e dos prazeres. 

2. No módulo de Política, tratamos dos regimes políticos e do bem comum. 

3. No módulo de Poética, analisamos o gênero da tragédia, com a sua narrativa e catarse. 

4. No módulo de Retórica, explicamos os elementos constitutivos do discurso, os gêneros e os métodos de persuasão. 

5. No módulo de Lógica, abordamos os termos, as proposições e os silogismos, consoante o ideal de clareza, verdade e validade. 

6. No módulo de Metafísica, especulamos sobre a teoria das causas, do ser, da substância e do divino (teologia). 

O conjunto delineia uma filosofia completa, consistente e orgânica.    

Depois deste, aprenda com outros cursos do Dialético, como o de Platão e o de Tomás de Aquino, conhecendo a tradição clássica em que Aristóteles está inserido. 

Descubra abaixo as aulas dos módulos que vai cursar. 

Comece agora a mudança na sua vida intelectual.

 Assista no seu ritmo, pois as aulas já estão gravadas.

 Quando tiver concluído, cancele a assinatura mensal, que se renova automaticamente.

Com a média de 3 aulas por semana, você conclui este curso em cerca de 7 meses.

1. Você vai aprender a ler e interpretar as obras de Aristóteles.  

2. Entenda o contexto histórico e cultural de Aristóteles, um dos filósofos mais influentes da civilização ocidental.

3. Assista aos módulos organizados e didáticos, compreendendo gradativamente a cultura e a filosofia clássica.

4. Aprenda com a didática, articulação e erudição do Prof. Victor Sales Pinheiro, que tem ampla experiência profissional e reconhecimento como acadêmico, pesquisador e escritor.

5. Tenha a experiência de imersão em sala de aula com o Prof. Victor Sales Pinheiro, já que os vídeos foram gravados ao vivo, com diálogo espontâneo com os alunos, com o calor das perguntas e da espontaneidade do professor.

6. A linguagem do curso é acessível, objetiva e clara, sem complicações, abstrações e vaguezas.

7. Permite a continuidade do estudo com o curso do Dialético Filosofia de Tomás de Aquino na Suma Teológica: Metafísica, Antropologia, Epistemologia, Ética, Virtudes e Lei.

8. Saiba o por que mais de 500 alunos já optaram por escolher este curso.

I. Ética
  1. Introdução (1/3): Projeto Dialético, autor e obra

  2. Introdução (2/3): Espírito científico

  3. Introdução (3/3): Herança de Platão e Programa do curso

  4. Felicidade, bem e finalidade da vida (Ética a Nicômaco - EN I,1-3)

  5. O fim da Política; Os três principais tipos de vida (prazer, política e filosofia) (EN I, 4-5)

  6. Felicidade e racionalidade (EN I, 7)

  7. Psicologia tripartida de Platão. Virtudes éticas e dianoéticas; hábito (EN I, 13; II, 1)

  8. Virtude é um equilíbrio de meio-termo (EN II, 2)

  9. Prazer, dor e virtude (EN II, 3)

  10. Virtudes particulares; Coragem e moderação; Virtudes sociais (EN, III-IV)

  11. A virtude da justiça. Definição e classificação (EN, V)

  12. Justiça distributiva e corretiva (EN, V)

  13. Justiça natural e positiva; equidad. Virtudes intelectuais (dianoéticas) (EN, V-VI)

  14. Virtudes dianoéticas: ciência, arte, prudência, intelecto e sabedoria prática (1/2) (EN VI)

  15. Virtudes dianoéticas: ciência, arte, prudência, intelecto e sabedoria prática (2/2) (EN VI)

  16. Política, prudência e deliberação (EN VI, 8)

  17. Autocontrole (Akrasia) (EN VII)

  18. Prazer, bondade e felicidade (EN, VII, 11-14; X, 1-5))

  19. Amizade por prazer, utilidade e virtude (EN VIII-IX)

  20. Felicidade entre filosofia e política (EN X, 6-9)

II. Política
  1. Introdução (1/2): Vida de Aristóteles; Razão prática e teórica; Ética e Política

  2. Introdução (2/2): Panorama da obra; Método analítico e hermenêutico

  3. Família, vila e cidade. Economia e propriedade (Pol. I)

  4. Regimes teóricos e históricos. Crítica a Platão (Pol. II)

  5. A justiça distributiva em Aristóteles e Rawls. Cidadania. Regimes (in)jutos (Pol. II-III)

  6. A virtude como fim da cidade. Igualdade na democracia. Regime e sociedade (Pol III)

  7. Monarquia. Ciência política. Regimes justos e corruptos (Pol III-IV)

  8. Classe média, virtudes e equilíbrio social. Democracia, aristocracia e república (Pol IV, 7-11)

  9. Aristocracia e regime constitucional (Pol IV 7-11)

  10. Crises políticas: revoltas e revoluções (Pol V, 1-7)

  11. Regeneração e preservação dos regimes (Pol V, 9-12)

  12. Aristóteles no debate contemporâneo sobre justiça distributiva: Liberalismo igualitário (Rawls) e comunitário (Sandel)

  13. Aprofundamento nos regimes democráticos e oligárquicos (1/2) (Pol VI, 1-3)

  14. Aprofundamento nos regimes democráticos e oligárquicos (2/2) (Pol VI, 4-8)

  15. A felicidade e o bem supremo (Pol VII, 1-3)

  16. O melhor regime: critério demográfico, territorial e ético. Educação física e intelectual. Casamento e educação dos filhos (Pol VII)

  17. Vida prática e contemplativa (Pol VII, 2-3, 13-15)

  18. Educação ético-política (Pol VII, 13-15)

  19. Educação cívica. Estudos liberais. Gramática, ginástica e música (Pol VIII). Recepção contemporânea: Arendt e Sandel

III. Poética
  1. Introdução à Poética, Retórica e Lógica. Os três tipos de ciências: teóricas, prática e produtivas. As quatro ordens da realidade: natural, lógica, ética e técnica. A teoria dos quatro discursos.

  2. Definição e classificação de poesia. Espécies de poesia imitativa, segundo o objeto (Poe I, 1-2)

  3. Espécies de poesia imitativa, segundo o modo: narrativa, mista, dramática. Etimologia de “drama” e “comédia” (Poe I, 3)

  4. Origem da poesia trágica e cômica. Comédia. Tratado da tragédia. (Poe II, 4-5, III, 6)

  5. Estrutura do mito trágico. O mito como ser vivente. Unidade da ação. Poesia e História. Mito trágico e tradicional, particular e universal. Piedade e terror. Surpreendente e maravilhoso (Poe III, 7-9)

  6. Mito simples e complexo. Reconhecimento e peripécia (Poe III, 10-)

  7. Caracteres. Verossimilhança e necessidade. Deus ex machina. Reconhecimento: classificação dos reconhecimentos. Episódios. Tipos de tragédia (Poe III, 15-18)

  8. A elocução poética: críticas à elocução nos poemas homéricos. Épica e tragédia (Poe III, 19-23)

  9. Análise da tragédia de Antígona de Sófocles (1/2)

  10. Análise da tragédia de Antígona de Sófocles (2/2)

IV. Retórica
  1. Ciências teóricas e práticas. Logos, ethos e pathos. Provas de persuasão: prova lógica (logos) (Ret I, 1-2)

  2. Os três gêneros de retórica: deliberativo (político), epidíctico (laudatório) e judicial (Ret I, 3-10)

  3. Provas de persuasão: emoção (pathos) e caráter (ethos) (Ret II, 1-13))

  4. O caráter do ouvinte. A estrutura lógica do raciocínio retórico (os lugares-comuns). Estilo, composição e e partes do discurso (Ret II, 12-26, III, 1-19)

V. Lógica
  1. Introdução. Trivium: gramática, lógica e retórica. Definição e classificação da lógica. (Kreeft, Int. e Prefácio)

  2. Os três atos da mente: Apreensão de termos; Julgamento de proposições; Raciocínio de proposições. (Kreeft, Int.)

  3. Conceitos, termos e palavras (Kreeft, I, 1)

  4. O problema dos universais. Extensão e compreensão dos termos. Classificação e categorias (Kreeft, I, 2-4; II, 1-2)

  5. Predicáveis. Divisão e organização dos termos (Kreeft, II, 3-4)

  6. Falácias materiais (Kreeft, III)

  7. Segundo ato da mente: juízo de uma proposição. Juízo, proposição e sentença (Kreef, V)

  8. Os quatro tipos de proposições. Os círculos de Euler (Kreeft, V)

  9. Mudança de proposições. Inferências imediatas (Kreeft, VI)

  10. O terceiro ato da mente: o raciocínio de proposições (Kreeft, VIII)

  11. Verdade e validade. Tipos de argumentos (Kreeft, VIII, 3-5)

  12. Raciocínio indutivo e dedutivo. (Kreeft, IX, 5)

  13. A estrutura do silogismo (Kreeft, X)

  14. Checando a validade dos silogismos. Círculos de Euler. Seis regras de Aristóteles (Kreeft, XI)

  15. Dificuldades com os silogismos. Etimemas (Kreeft, XII)

  16. Silogismos compostos: hipotético, disjuntivo e conjuntivo (Kreef, XIII)

  17. Indução. Aplicações práticas e filosóficas da lógica (Kreeft, XIV-XVI)

VI. Metafísica
  1. Introdução: termo, obra, conceito, finalidade da Metafísica

  2. Aitiologia: teoria das quatro causas

  3. Ontologia: teoria do ser

  4. Ousiologia: teoria da substância (1/4)

  5. Ousiologia: teoria da substância (2/4)

  6. Ousiologia: teoria da substância (2/4)

  7. Ousiologia: teoria da substância (2/4)

  8. Teologia: teoria do divino (1/4)

  9. Teologia: teoria do divino (2/4)

  10. Teologia: teoria do divino (3/4)

  11. Teologia: teoria do divino (2/4)

  12. Estrutura da Metafísica. Sumário dos livros. A sabedoria e conhecimento das causas (Met A,1.1)

  13. As causas e os princípios investigados pela sabedoria. Admiração, mito, Deus. (Met A, 2)

  14. As causas primeiras e a análise das teorias do filósofos da natureza (Met A, 4)

  15. A crítica a Platão e aos platônicos: a teoria das formas (1/2) (Met A, 9)

  16. A crítica a Platão e aos platônicos: a teoria das formas (2/2) (Met A, 9)

  17. A autorrefutação do argumento relativista sofístico. Princípio da não-contradição (Met Γ, 4-5, 8)

  18. Ontologia e lógica. Demonstração da existência de Deus (Met Γ, Λ, 6-7))

 

ASSINE AGORA