INÍCIO > ESCRITOS > Palestra de apresentação do Curso de Filosofia ‘A Política de Aristóteles’.

ESCRITOS

DIALÉTICO

ESCRITO

Palestra de apresentação do Curso de Filosofia ‘A Política de Aristóteles’.

Nesta quarta, dia 7/6, às 20h, na Garantia (Dr. Moraes, n. 79)

 

 

 

CURSO DE FILOSOFIA A POLÍTICA DE ARISTÓTELES

Professor: Victor Sales Pinheiro (Doutor em Filosofia e Professor do ICJ-UFPA)

 

Período: de 7.junho a 25.outubro (5 meses) 

Dia e hora: quartas, das 20h às 22h.

Presencial: Garantia - Marketing de Relacionamento. Tv. Dr. Moraes, n. 79, entre Nazaré e Brás. Belém-Pará.

Online: Videoconferência por Google Hangout. No dia seguinte ao da aula, os vídeos e os áudios da aula serão disponibilizados no Portal Dialético.

Investimento: R$330,00/mês

Inscrição: http://dialetico.com.br/cursos/curso-presencial-e-online-de-filosofia-classica-a-politica-de-aristoteles/275

 

Ementa: Família, comunidade e economia. Cidadania, ética e educação. Justiça e bem comum. Regimes justos e corruptos. Debate atual: liberalismo, socialismo, fascismo, republicanismo, conservadorismo e comunitarismo.

Justificativa: Há muitos argumentos inaceitáveis na Política de Aristóteles, como as teses da escravatura natural e da submissão das mulheres ao poder patriarcal. Ademais, sua análise da Política baseia-se numa estrutura social de cidade-estado radicalmente diferente da moderna. No entanto, o estudo dessa obra continua imprescindível para compreender a tradição política ocidental, sendo a primeira teorização sistemática sobre o bem comum, a cidadania, a educação cívica e os regimes políticos da monarquia, aristocracia e república, com suas revoluções e decadências. Se Aristóteles não fornece respostas satisfatórias a todos os dilemas políticos da atualidade, ele ainda serve para refletir sobre a virtude da justiça que mantém a cidade unida, como fizeram tantos autores contemporâneos, estudados no último módulo deste curso -  H. Arendt, L. Strauss, E. Voegelin, A. Honneth, M. Sandel, A. MacIntyre, J. Finnis e M. Nussbaum -, que interrogam, a partir de Aristóteles, as principais ideologias política do debate contemporâneo: socialismo, fascismo, liberalismo, republicanismo, conservadorismo,  e comunitarismo.

Método: Leitura comentada de trechos da Política de Aristóteles, articulando-os ao pensamento anterior, principalmente o de Platão, a maior influência de Aristóteles, e o pensamento posterior, principalmente o de Tomás de Aquino, o maior herdeiro de Aristóteles.

Programa:

- INTRODUÇÃO: Vida e obra de Aristóteles. Filosofia teórica e prática. Ética e Política. Método e estrutura da ‘Política’.  

I. Família, comunidade e cidade. Economia e propriedade.

II. Análise dos regimes históricos (Atenas, Esparta, Creta e Cartago) e teóricos (Platão, Fáleas e Hipódamo)

III. Cidadania, virtudes morais e cívicas. Justiça e bem comum. Regimes justos e corruptos: Monarquia e tirania; Aristocracia e Oligarquia; República e Democracia. Igualdade, liberdade e virtude.

IV. Ciência política normativa. Regimes justos e corruptos. Papel moderador da “classe média”. Funções deliberativas, executivas e judiciais.

V. Crises políticas: revoltas e revoluções. Meios de regeneração e preservação dos regimes.

VI. Aprofundamento nos regimes democráticos e oligárquicos.

VII. A felicidade e o bem supremo. Vida prática e contemplativa. O melhor regime: critério demográfico, territorial e ético. Educação física, moral e intelectual. Casamento, família e educação dos filhos.

VIII. Educação cívica. Estudos liberais. Gramática, ginástica e música.

- DEBATE ATUAL: socialismo, fascismo, liberalismo, republicanismo, conservadorismo,  e comunitarismo. H. Arendt, L. Strauss, E. Voegelin, J. Maritain, A. Honneth, M. Sandel, A. MacIntyre, J. Finnis e M. Nussbaum. 








ESCRITOS RELACIONADOS

© 2017 - Todos os direitos reservados para - Portal Dialético - desenvolvido por jungle